Quinta-feira, 1 de Janeiro de 2004

Soneto da Mulher ao Sol

sol no mar.bmp


Soneto da Mulher ao Sol



Uma mulher ao sol - eis todos o meu desejo
Vinda do sal do mar, nua, os braços em cruz
A flor dos lábios entreaberta para o beijo
A pele a fulgurar todo o pólen da luz.



Uma linda mulher com os seios em repouso
Nua e quente de sol - eis tudo o que eu preciso
O ventre liso, o pêlo húmido, e um sorriso
À flor dos lábios entreabertos para o gozo.


Uma mulher ao sol sobre quem me debruce
Em que beba e a quem morda e com quem me lamente
E que ao se submeter se enfureça e soluce



E tente me expelir, e ao me sentir ausente
Me busque novamente - e se deixa a dormir
Quando , pacificado , eu tiver de partir...


 


Vinícius de Moraes 


 


publicado por Loba às 19:19
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Anónimo a 1 de Janeiro de 2004 às 19:55
Bonito poema :) .... bj grilinha
(http://grilinha.blogs.sapo.pt)
(mailto:fgrila@yahoo.com.br)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. ...

. Voltei...

. Vou voltar...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

.arquivos

. Março 2006

. Outubro 2005

. Abril 2005

. Janeiro 2005

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

SAPO Blogs

.subscrever feeds